Manual básico do homem mais ou menos maduro*

03/03/2017

1 – Você já viveu o suficiente para saber que não vai ficar rico de trabalhar e nem precisa mais de elogios de chefes para tocar sua vida profissional, ainda que isso seja sempre bom. Relaxe,  faça sempre o seu melhor, mas encerre suas atividades quando tirar o pé do seu local de trabalho.

2 – Evite comer bobagens e tomar todas, porque seu organismo já não está em condições de enfrentar grandes desafios. Além disso, lembre-se que é na meia-idade que as principais ameaças à saúde do homem podem atacar de forma inesperada (ataque cardíaco, AVC, câncer de próstata, etc).

3 – Faça exercícios o suficiente para o gasto. Nada de exageros, de querer parecer garotão, saradão, ou achar que pode vencer competições esportivas. Caminhada num ritmo adequado e umas pedaladas podem ajudar. Não esqueça os exames de sangue e de próstata periodicamente.

4 – Na sua idade o sexo é quase sempre bom ou muito bom. Você já sabe controlar a ansiedade, sabe que sexo exige cumplicidade, que ela também tem que gozar (de preferência mais que você) e você só tem um tiro. Portanto, muita preliminar, massagem e tudo que puder proporcionar à sua namorada, esposa ou parceira.

5 – Dê preferência às mulheres maduras. Elas estão buscando homens mais seguros de si, que saibam o que querem. Você não está imune às tentações de mulheres mais jovens, mas tenha sempre em mente que, em geral, elas te enxergam como um troféu, um petisco, e não como algo sério. E isso pode ser uma roubada.

6 – Nada de estresse com os filhos. Eles hoje querem tudo da forma que acham que é a melhor e na mesma hora. Eles que esperem um pouco. Faça somente o que puder e dentro do seu tempo. Nada de ceder a chantagens emocionais do tipo “é isso agora ou não é nada”.

7 – Conversar é bom demais, principalmente com amigos(as). Converse sobre tudo, você já tem bagagem e vivência suficiente para ter suas próprias opiniões, sem deixar de ficar atento a outras, é claro. Se gostar de uma cervejinha para acompanhar o papo, bom. Se preferir um vinho ou uma caipirinha, melhor ainda.

8 – Para quem gosta de debater política o momento exige muita paciência. Tem gente que nasceu ontem e acha que já entende de tudo. Em sua maioria são superficiais em suas análises e resumem a realidade a uma leitura binária: bons x maus; petralhas x coxinhas.

9 – Defenda as causas que achar fundamentais, mas com argumentos sólidos, sem personificar suas críticas. Assim mesmo não perca a linha e nunca, mas nunca mesmo, apele para palavrões e agressões. Sua firmeza advém da calma dos que sabem do que estão falando ou mesmo dos que não têm vergonha de reconhecer seus equívocos.

10 – Mantenha sua casa minimamente em ordem. Você pode receber a visita de amigos, levar sua amada, ser surpreendido pelos filhos. Nada de roupa suja acumulada pelos cantos e cozinha com louça para lavar. Geladeira com o suficiente para o dia a dia. Banheiro em condições de uso para você e suas visitas.

11 – Quando estiver se sentindo só, pegue o carro e saia para dar uma volta. Sem carro? Vá a um cinema, convide um(a) amigo(a) para conversar fiado. Caminhar na beira da praia ou num parque é bom para tudo: espairecer e exercitar os músculos. Um bom filme em casa também ajuda.

12 – Retome a possibilidade da paixão por uma mulher, por seus filhos, pelos hobbies que você sempre quis cultivar e até pelo seu clube de futebol. São momentos de raro prazer e até decepção, mas que precisam ser vividos com toda a intensidade. Nada melhor que experimenta-los na meia idade.

13 – Viaje de preferência acompanhado. Um passeio a uma cidade do interior ou a uma praia podem ser verdadeiras aventuras a dois, mesmo que o outro seja um velho amigo. Se puder viajar com alguém mais chegado, como sua namorada ou esposa ou seu filho, melhor.

14 – Cuidado com as armadilhas da interatividade digital. Se conhecer alguém que lhe pareça interessante, não perca tempo e tente convence-la a um papo presencial. Pode dar tudo certo ou tudo errado. Não se iluda com as maravilhas da internet, o mundo real é aquele que você enfrenta todos os dias, no qual as pessoas não podem esconder seus problemas e suas virtudes.

15 – Faça planos factíveis, nada de coisas mirabolantes como construir aquela casa dos sonhos ou viajar por 10 países em 20 dias. Vá no seu ritmo, um passo de cada vez. Se precisar repensar ou mudar de planos não se sinta frustrado, a vida é uma construção cotidiana.

16 – Não perca seu tempo com mágoas, ódio e rancores. São sentimentos que só machucam quem os cultiva. Use o que puder para se livrar deles: uma carta, um e-mail, um post ou mesmo um papo franco. Não deixe nada disso pesar na sua consciência, procure estar sempre leve e em paz consigo mesmo.

17 – Ambicione só o que você sabe que pode e precisa ter. Nada de consumir por consumir, se endividar ou acumular bens que raramente serão usados. Nada de carrões do ano e outras babaquices.

18 – Prefira as coisas (roupas, lugares, etc) confortáveis e práticas, deixe de lado as formalidades dos que precisam se afirmar pela embalagem, porque você só precisa de conteúdo. Também não convém ser desleixado…

19 – Lembre-se, você já foi bonito ou bonitinho. Hoje você está mais para charmoso ou gostoso. Nada de se achar porque você não está em condições disso. Chegue devagar, nada de investidas radicais e empreitadas arriscadas em ambientes desconhecidos.

20 – Se você encontrar uma mulher bacana trate-a bem, com paciência e carinho. Mas, se por acaso for alarme falso, vá adiante, siga em frente que a probabilidade de encontrar quem você deseja é grande nesta fase da vida.

 

*de Thomas Craveiro

Anúncios

Uma resposta to “Manual básico do homem mais ou menos maduro*”

  1. luis fernando. said

    me identifiquei com quase tudo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: