Parece, mas não é

25/02/2016

No Brasil há uma verdadeira cortina de fumaça que encobre a realidade das relações econômicas, políticas e sociais. Elas estão presentes de cabo a rabo, impregnando de hipocrisia a sociedade. O que parece não é e o que é não quer parecer.

O PMDB, por exemplo, agora jura que é de oposição. Mas desde o final da ditadura e o restabelecimento da nossa frágil democracia o PMDB participou de todos os governos, eu disse TODOS.

Muita gente ainda acredita que Lula é de esquerda. Como alguém pode ser de esquerda e ao mesmo tempo exercer o papel de garoto-propaganda de empreiteiras no Brasil e no exterior? Dilma também seria de esquerda, só que faz tempo que seu governo adota uma política econômica que só satisfaz ao “mercado” e os projetos de seu governo atacam os trabalhadores, como os projetos das reformas da previdência e trabalhista.

O senador José Serra é identificado como progressista. Afinal, foi presidente da UNE. E daí? Serra é autor – por exemplo – da emenda constitucional que retira da Petrobras a obrigatoriedade pela exploração do petróleo das áreas do pré-sal, projeto comemorado pelas grandes multinacionais petroleiras.

O juiz Sérgio Moro se apresenta como uma vestal, vendendo ares de imparcial. No entanto, nas diversas etapas da operação lava-jato, Moro dá nítida preferência em expedir mandados de prisão para petistas e figuras ligadas ao PT.

FHC, tido como um homem acima de qualquer suspeita, posa até hoje de bom velho, condenando a tudo e a todos por desvios de conduta. Agora se confirma que durante seu mandato o ex-presidente mantinha uma relação extraconjugal – era casado com dona Ruth – com uma jornalista, que foi mandada para fora do país e recebia mesada, via pagamentos a partir de uma empresa no exterior.

As Unidades de Pronto Atendimento (UPA) são apresentadas como solução para os primeiros socorros e tratamentos simples. Na prática reproduzem em menor escala junto à população carente a mesma tragédia vivida pelo povão nos hospitais da rede pública de saúde, sem médicos, estrutura e equipamentos.

A polícia deveria zelar pelo estrito cumprimento da lei, dando o exemplo em sua conduta para a sociedade. No entanto, o que se vê nas ruas é violência, uso de força desproporcional contra manifestantes e moradores de favelas, assassinatos e extorsões. Um verdadeiro grupo de extermínio do Estado.

A Petrobras é tida como a maior empresa estatal de petróleo do mundo. Ocorre que 49% de suas ações são negociadas em bolsas de valores e mais de 70% de seu pessoal é de empresas terceirizadas, operando nas unidades da BR muitas vezes em condições degradantes.

Paulinho da Força, que se apresenta como sindicalista, é um dos parlamentares mais patronais no Congresso Nacional, apoiando e atuando pela aprovação de todo tipo de projeto que prejudica justamente os trabalhadores.

Marina Silva posa de ambientalista e identificada com a luta dos seringueiros da Amazônia. Mas prefere viver de palestras pagas por empresas privadas e pedir votos para os tucanos quando tem que definir um caminho pelas urnas.

São tantos e tantos casos que ilustram esta conclusão que eu poderia escrever muitas páginas a respeito. É que o confronto não convém, o que convém é a conciliação. Daí porque a esquerda flexibiliza sua linguagem para se tornar mais palatável. O centro prefere ser identificado com a esquerda e a direita com o centro. Se bem que de tantas frustrações políticas com o PT, a própria direita saiu do armário e está dando a cara a tapa.

Anúncios

Uma resposta to “Parece, mas não é”

  1. luis fernando. said

    josé serra é cãozinho de recados das petroleiras estrangeiras,o noticiário sobre a pulada de cerca do fch evaporou da mídia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: