A Escolinha do Professor Chico Anysio

27/03/2012

Chico Anysio já não aparecia como protagonista na TV fazia tempo. Tirando uma ponta aqui outra homenagem lá, Chico já não tinha mais espaço na Globo. Seu humor popular não combina com o besteirol e a vulgaridade que dominam a telinha. Mas quem tem TV paga ainda pode vê-lo todos os dias no Canal Viva (35 da NET) na sua inesquecível Escolinha do Professor Raimundo.

Cada um de seus 209 personagens ganhou vida própria ao longo de seus 65 anos de carreira. Ao entrar em cena Chico Anysio sumia e surgia uma figura, sempre caricata, que qualquer pessoa do povo conhecia ou identificava. O malandro Azambuja, o velho contador de estórias Pantaleão, o pastor dos milagres Tim Tones, o artista convencido Alberto Roberto, o pai de santo Painho, o funcionário da Globo Bozó, o velho ranzinza Popó, o político cínico Justo Veríssimo, Salomé, a conselheira política dos presidentes. Foram tantos e tão bons que cada um deles daria um livro da coletânea de personagens que Chico criou.

Seu humor não era sofisticado, porque era popular. Mas em cada tipo que criava podia-se perceber claramente um tom crítico e cômico. A genialidade impressionante com que desenvolvia as personagens e suas características marcantes era de dar inveja a qualquer analista. Por isso fazia sucesso.

Chico era comediante, se apresentava em shows nos teatros, escrevia livros, compunha músicas, fazia roteiros, pintava quadros e também era ator de TV e cinema. Um artista completo, uma espécie de Pelé do humor, por isso insubstituível. Podia ter feito sucesso sozinho, mas sempre arrumava um jeito de promover novos talentos e dar oportunidade a colegas que estavam no ostracismo.

Mas o que o distinguia dos demais? Sua genialidade cresceu com sua carreira porque Chico era dono de uma vasta cultura, a qual somou mais e mais elementos ao longo da vida, na medida em que os anos avançaram. E com tudo isso jamais se afastou de sua marca: a simplicidade. Foi assim que desenvolveu a capacidade de observar os indivíduos e os fenômenos para construir suas personagens. Agradeço por ter tido o privilégio de vê-lo atuar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: